Brasileiros passam mais de 5 anos dentro do carro

Maquiagem está na lista das atividades que as pessoas fazem dentro do automóvel

A Citroën encomendou à CSA Research um levantamento global para entender como as pessoas interagem com seus carros. O Brasil se destacou por ser o país em que os consumidores passam mais tempo dentro dos veículos: um total de 4 anos e 11 meses ao longo da vida. Na China, este período é de três anos e um mês; na Europa são quatro anos e um mês. “As pessoas têm uma relação muito intensa com o automóvel aqui”, destaca Nuno Coutinho, diretor de marketing da Citroën no País.

Além do Brasil, o levantamento foi feito na Argentina, em países da Europa, na China e no Japão. Localmente foram entrevistadas mais de 500 pessoas a partir de 15 anos, tanto motoristas quanto passageiros, abrangendo diferentes intensidades de uso dos veículos. Segundo a pesquisa, o Brasil também se destaca por clientes que gostam de cantar dentro do veículo.

Nas entrevistas, as pessoas que dirigem todos os dias indicaram que passam 7,9 mil horas de suas vidas cantando no carro. “É quase um substituto para o cantar no chuveiro”, brinca Coutinho. Os entrevistados também admitiram que falam sozinhos em diversos momentos ao dirigir e dedicam tempo procurando objetos que caíram debaixo do assento e até beijando.

A pesquisa também indica que, para as motoristas frequentes, mais de 16 mil horas são dedicadas a se maquiar dentro do automóvel. Outras 18 mil horas as pessoas passam comendo. O estudo revelou ainda que é recorrente o esquecimento sobre onde o carro foi deixado estacionado.

Em tempos de revolução digital, os entrevistados no Brasil admitiram que pensam mais de 70 vezes ao longo da vida que poderiam comprar seus veículos pela internet. Enquanto a tecnologia de condução autônoma avança, os entrevistados indicaram que pensaram mais de quatro vezes na vida que o automóvel poderia andar sozinho. Os brasileiros também demonstraram medo de ser enganados. Em pelo menos três vezes na vida, as pessoas ficam desconfiadas de ser enroladas quando levaram o carro na oficina para um reparo.

CAMPANHA DE MARKETING

A Citroën aponta que os resultados sinalizam caminhos para o desenvolvimento de soluções para os clientes. Segundo Coutinho, o esforço da companhia é para melhorar a experiência do consumidor em todos os pontos de contato com a marca. “Na verdade, o levantamento indica que estamos no caminho certo, que as ações que temos desenvolvido estão corretas”, aponta.

O fruto mais imediato da pesquisa é uma nova campanha global de marketing. Entre março e abril a companhia vai veicular na internet pequenos vídeos que abordam a relação das pessoas com seus veículos. “A ideia é mostrar que estamos mais próximos dos clientes”, diz.

Fonte: Automotive Business