Como prolongar a vida útil dos pneus

Como prolongar a vida útil dos pneus

Como prolongar a vida útil dos pneus

Texto: Carol Vilanova

Fotos: Divulgação

O para e anda do trânsito, ruas esburacadas, condições de chuva, falta de manutenção e eventuais acidentes. Todos esses fatores influenciam na vida útil dos pneus do seu veículo. No final, onde vai parar esse prejuízo? No seu bolso. Afinal, pneus bem cuidados influem diretamente no custo de operação do veículo, isso sem falar na segurança. Ou seja, para aumentar a durabilidade dos pneus só existe uma maneira: realizando as manutenções preventivas.

O interessante é que para garantir a confiabilidade dos pneus, a indústria de pneumáticos está frequentemente investindo em novas tecnologias e desenvolvendo novos produtos, e na pratica, quem não investe em manutenção, coloca todo esse trabalho a perder.

Segundo a ANIP, Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos, os fabricantes destacam como ponto importante a qualidade e a distinção dos materiais responsáveis pela produção dos pneus automotivos, que possuem certificação compulsória pelo INMETRO. O usuário do pneu conta também com garantia de cinco anos contra defeitos de fabricação.

Para preservar a vida útil dos pneus, é recomendado atenção com a pressão, o rodízio, o limite de desgaste e tomar atitudes para evitar avarias, incluindo manutenção de itens do sistema de suspensão. A ANIP indica ainda evitar a sobrecarga, o que proporciona ainda mais rendimento e economia de combustível.

Calibragem

O primeiro passo para calibrar o pneu corretamente é saber quanto de pressão é adequado ao tipo de pneu do seu veículo. Fique esperto pois quando roda na cidade é indicada uma pressão e na estrada outra. As especificações estão registradas no manual do proprietário. Faça a calibragem quando os pneus estiverem frios.

pneus-vuc-calibragem

Rodízio

Esse é um assunto delicado, pois todo mundo sabe, mas ninguém faz o rodízio de pneus periodicamente, a não ser na hora da revisão do veículo. Mas é importante frisar que esse processo tema função de compensar a diferença de desgaste dos pneus, ou seja, é essencial para garantir mais durabilidade, eficiência e estabilidade em curvas e fradas.

Como prolongar a vida útil dos pneus

Como prolongar a vida útil dos pneus

Limite de Segurança

A profundidade de sulcos limite de desgaste do pneu é identificada pelo limite de segurança, TWI, especificado em 1.6 mm. Se o sulco estiver abaixo dessa medida, significa que o pneu está desgastado demais, ou careca, e impossibilitado de rodar. A resolução do Contran 558/80 estabelece que trafegar com pneus abaixo do limite é ilegal, e o veículo pode ser apreendido.

TWI: indica o desgaste do pneu

TWI: indica o desgaste do pneu

Manutenção do undercar

Aqui também mora o perigo, pois não adianta comprar pneus novos se os componentes do sistema de suspensão estiverem em mau estado. O que acontece? Os pneus novinhos vão se deteriorar mais rapidamente e irregularmente em muitos casos. Portanto, para garantir a segurança e a vida útil dos pneus, faça o check up de itens como amortecedores, molas, freios, rolamentos, eixos e rodas, já que agem diretamente sobre os pneus.

oficinanews_amortecedores_montana8

Balanceamento de Roda e alinhamento de direção

Fez o rodízio, colocou um pneu novo ou atingiu os 10 mil km rodados, o próximo passo é fazer o balanceamento das rodas e o alinhamento da direção. Veículo desbalanceado e sem alinhamento sofrem com perda de tração, estabilidade e desgaste acentuado de pneus. Ou seja, o veículo se torna instável e inseguro, condições ideais para um acidente.

As vezes parece chover no molhado, mas ainda tem gente que acha que economizando na manutenção vai lhe render algum dinheiro. Porém, é exatamente o contrário, investir na revisão periódica do seu veículo, e em especial, dos itens de segurança como pneus, vai te trazer benefícios em longo prazo, além de deixar você, os ocupantes do seu carro e os de outros também muito mais protegidos durante o trabalho. Fique esperto!

Fonte: Oficina News