Europa lança combustível BlueDiesel R33 com óleo de cozinha usado

Europa lança combustível BlueDiesel R33 com óleo de cozinha usado

A União Europeia iniciou oficialmente a distribuição de um novo combustível, que promete reduzir bastante as emissões de poluentes no continente. Trata-se do chamado BlueDiesel R33. Esse óleo biocombustível de cor azul ainda não está disponível nos vários países do bloco, mas promete alcançar toda a região.

Esse tipo de biodiesel foi desenvolvido para ser utilizado em todos os veículos diesel, tanto antigos quanto novos, o que ajuda a manter a frota em circulação com emissão menor devido às características do produto, que reduz a emissão de CO2 em 20%. O BlueDiesel R33 utiliza em sua composição, 33% de parafinas e resíduos de óleos de cozinha usados.

O descarte desse tipo de óleo é muito difundido no velho continente, o suficiente para agora ser utilizado em parte como combustível. Já os 67% restantes da composição do R33, são compostos de aditivos e obviamente continua sendo um derivado de petróleo.

Europa lança combustível BlueDiesel R33 com óleo de cozinha usado

Em vários países da Europa, o percentual de biodiesel na composição do óleo combustível vendidos nos postos é de 7%, mas o BlueDiesel R33 vai muito além e promete ter um impacto enorme na poluição veicular.

O projeto do BlueDiesel R33 começou na Alemanha, país europeu que mais defende o óleo combustível nos carros. O desenvolvimento foi feito pela Universidade de Coburgo e contou com apoio da Volkswagen em Wolfsburg, que forneceu 280 carros TDI para uso interno e de funcionários durante a fase de testes.

Além disso, as petrolíferas Shell, Neste e Tecosol se encarregaram da distribuição do produto no continente. Os sistemas de injeção Common Rail foram alterados nos carros pela Bosch.

Essa é mais uma ação nascida na Alemanha para manter o diesel em evidência no mercado europeu por mais tempo, mesmo diante de pressões geradas após o Dieselgate da própria Volkswagen e da liberação de restrição para carros diesel em cidades alemães.

Fonte: Notícias Automotivas