Qual consome menos: janelas abertas ou ar?

A estação mais quente do ano chegou com tudo e com isso um antigo debate: O que gasta menos combustível? Deixar as janelas abertas ou ar-condicionado ligado?

combustível

Segundo estudo realizado pela Sociedade de Engenharia Automotiva (SAE), nos EUA, dirigir com o ar-condicionado ligado é a melhor maneira de economizar combustível. Mas em alguns casos pode não ser a opção mais indicada.

“Há dois fatores que devem ser considerados ao abordar esse assunto, primeiro: à forma de funcionamento do compressor de ar no veículo e a quantidade a mais de combustível que o motor precisa para operar e o segundo seria conhecido como arrasto”, explica o sócio-fundador da Cobli, startup especializada em rastreamento, telemetria e gestão de frotas, Rodrigo Mourad.

O arrasto é a resistência que o carro e todos os objetos em movimento encontram quando se deslocam pelo ar a qualquer velocidade. Hoje praticamente todos os carros são projetados para serem aerodinâmicos, porém isso é afetado quando os veículos andam com os vidros abertos, pois o ar entra pelas janelas e causa uma maior resistência.

A pesquisa realizada pela SAE aconteceu no túnel de vento da General Motors e demonstra esse “fenômeno”. Nela foram usados deslocamentos de ar frontal e lateral e indicou que ao dirigir a velocidades superiores a 80 km/h com as janelas abertas, há uma diminuição da eficiência de combustível de até 20%. Número superior se comparado ao gasto relacionado ao uso do ar-condicionado, que elevaria o consumo de combustível em cerca de 10%, devido à força que o motor precisa desempenhar para ligar o compressor do ar.

Mas, e no dia-dia, como funciona? “Quanto menor a velocidade, menor a influência da resistência do ar. Então se o veículo trafega pela cidade, por exemplo, é mais eficiente dirigir com as janelas abertas, pois o atrito com o ar quase não afetará o consumo” diz Mourad.

Outro ponto que deve ser analisado é que quando o automóvel está mais devagar o motor entrega menos potência, isso significa que ele teria que trabalhar muito mais para alimentar acessórios como o compressor de ar.

Usando os estudos como base, Rodrigo recomenda: “Nas estradas, em velocidades mais altas, ligue o ar. Se estiver na cidade, em menor velocidade, abaixe as janelas. Mas sempre com segurança!”.

Fonte: Revista Carro